By WebCAMPOS – Copyright © 2014 LUSOCAMPOS Todos os direitos reservados

 

Monte da Cal

  Alentejo

 

VINHA DE SATURNO

Tinto 2009 | Alentejo

 

8 meses em barricas de carvalho francês

Castas Trincadeira, Touriga Nacional, Baga, Petit Verdot

 

NOTAS DE PROVA

É o topo de gama da empresa, com 15 meses de barrica. Grande concentração de cor, presença evidente da barrica no aroma, tudo muito vigoroso mas sem perder o carácter de tinto de planície. A ligação das castas parece funcionar bem porque não há por aqui interferência e todas contribuem para o conjunto. Cheio de notas químicas na boca, muito cheio e redondo, é um tinto sofisticado, poderoso mas que não magoa, mesmo ao jeito dos apreciadores de tintos vigorosos e novos.

 

Prémio

79 pts - Mundus Vini 2012

17 pts - Revista de Vinhos - Abril 2012

 

TEOR ALCOÓLICO: 14,5%vol | 75cl

MONTE DA CAL

Reserva 2011 | Alentejo

 

CASTAS: Touriga Nacional (20%), Syrah (50%) e Alicante Bouchet (30%)

 

TECNOLOGIA DE PRODUÇÃO:

Esmagamento das uvas com desengace total, seguido de fermentação em cubas inox, de pequena capacidade, com leveduras seleccionadas à temperatura de 26ºC. O tempo de maceração foi de cerca de 2 semanas e as remontagens para extracção de cor foram suaves. Antes de ir para o mercado, estagiou em barricas de carvalho francês, originando a sua complexidade de aromas e sabores.

 

NOTAS DE PROVA:

“Nariz elegante, contido, com fruta vermelha macerada, flores secas como rosas. Firme e robusto na boca, taninos polidos, acidez viva, final longo e saboroso.” Revista de Vinhos, Abril 2011

 

TEOR ALCOÓLICO: 14%vol | 75cl

MONTE DA CAL

Tinto 2011 | Alentejo

 

CASTAS: Touriga Nacional, Aragonês, Alfrocheiro e Alicante Bouschet

 

TECNOLOGIA DE PRODUÇÃO:

Esmagamento das uvas com desengace total, seguido de fermentação em cubas inox, de pequena capacidade, com leveduras seleccionadas à temperatura de 26ºC. O tempo de maceração foi de cerca de 2 semanas e as remontagens para extracção de cor foram suaves. Antes do engarrafamento, o vinho passou apenas por uma ligeira filtração por placas de celulose, de forma a preservar toda a sua estrutura. Antes de ir para o mercado, permaneceu 2 meses em garrafa.

 

NOTAS DE PROVA:

Feito com Alfrocheiro, Aragonez e Alicante Bouschet, está bem concentrado na cor e no aroma, pleno de notas de vegetais e frutos maduros, mas sem excessos, antes denotando uma belafrescura. Com muito bons taninos na boca, gordos e polidos, éum vinho sumarento, vigoroso, com fresca acidez no final persistente.

 

 

TEOR ALCOÓLICO: 13%vol | 75cl

MONTE DA CAL

Branco 2015 | Alentejo

 

CASTAS: Antão Vaz, Arinto e Viognier

Vinificação:

Desengace total, prensagem pneumática suave, clarificação estática natural e

fermentação alcoólica a 15°C.

Cor:

Citrina definida com tons esverdeados

Aroma:

Frutado/Jovem, predominante em notas de citrinos, nuances de frutos tropicais e

ligeiras notas florais.

Sabor:

Frutado, fresco, agradável volume de boca e distinta persistência.

Gastronomia:

É ideal para acompanhar iguarias à base de peixes e carnes brancas da cozinha

Mediterrânica, Chinesa, Indiana,  Africana ou como aperitivo/lazer.

Consumir a 8ºC

 

TEOR ALCOÓLICO: 13%vol | 75cl

Em 2003, a Dão Sul avançou com a produção de vinho na Herdade Monte da Cal, em S. Saturnino, concelho de Fronteira. Mas a aposta da Herdade Monte da Cal na região não passa apenas pela produção de vinhos.

 

Em 2007, iniciou-se a construção de uma nova adega, desenhada não só para a produção de vinhos de qualidade mas também para disponibilizar todas as condições para a realização dos mais variados eventos associados ao Enoturismo, desde visitas à adega, vinhas, provas e cursos, entre outros. A arquitectura e a decoração deste novo espaço estão profundamente marcadas por influências árabes, relembrando um dos povos mais influentes na cultura portuguesa, particularmente no Sul do País, e traduzindo-se numa envolvente fresca e acolhedora.

 

Rodeada pela tranquila paisagem norte alentejana, a estrutura insere-se perfeitamente dentro do nosso imaginário de um local calmo e de tradição, onde cada dia se passa sem pressas e com tempo para desfrutar o que de melhor a vida tem.

 

Também é possível apreciar aqui a gastronomia regional, com um toque sofisticado e inovador, onde os pratos confeccionados se aliam aos vinhos produzidos na Herdade. Os vinhos Monte da Cal (tintos e branco), marcadamente alentejanos, estão disponíveis ao consumidor, numa gama que vai desde o Colheita ao Reserva, passando pelos Monocastas Syrah e Aragonês. Em 2008, associada à Casa de Santar, a Herdade Monte da Cal lança também para o mercado o vinho tinto Conde de Palma, título de José Luiz Vasconcellos e Souza.

 
X

Password:

mot de passe